Mergulhe no universo de Frida Kahlo com o Google Arts & Culture

Arte vai muito além de quadros e pinturas. Acreditar que o único objetivo de um artista é produzir uma representação visual, gráfica ou escrita é ignorar todo o processo de criação que resulta na obra. Para compreender esse processo, a arte deve ser vista como um veículo para expressar sentimentos, materializar percepções e registrar visões da realidade. Frida Kahlo, um dos maiores nomes da arte do século 20, disse certa vez: “a arte mais potente da vida é aquela que transforma a dor num talismã de cura; uma borboleta que renasce numa festa de cores.” Essa é a artista que o Google Arts & Culture vai mostrar com o lançamento de sua primeira retrospectiva artística on-line na América Latina, dedicada à história e ao legado de Frida.

O que está por trás das obras da pintora? Quais foram os momentos mais marcantes de sua vida? Por que seu legado é tão importante para a arte e os movimentos feministas latino-americanos? Essas são apenas algumas perguntas respondidas pelo Google Arts & Culture; uma nova forma de viver a arte e a diversidade, preservar a tradição, celebrar esse ícone cultural e fazer com que pessoas de qualquer lugar conheçam a obra completa de uma das artistas mais importantes do mundo, graças à tecnologia e a ferramentas inovadoras.

A América Latina é o epicentro desse projeto de estreia, que conta com o apoio de mais de 33 aliados, entre museus e especialistas de vários países. Pela primeira vez, vamos compartilhar uma parte considerável do trabalho da artista mexicana. As obras serão apresentadas em diversos formatos para que os usuários observem a vida e o impacto de Frida por diferentes perspectivas.

Disponível no link g.co/facesoffrida, o projeto permite acessar um acervo com mais de 800 obras, incluindo 700 arquivos como pinturas, aquarelas, desenhos, estudos, fotos, cartas, documentos inspirados em Frida e imagens de peças de roupa e acessórios que pertenceram a ela. Todo esse conjunto é um convite para viver uma experiência artística nova e diferente. Com apenas um clique, milhares de pessoas de todo o mundo poderão conversar sobre esse assunto usando a hashtag #FacesdeFrida.

O acervo também inclui obras e peças raramente exibidas ao público, como itens de coleções particulares nunca antes mostrados pela internet. Um deles é o desenho ‘Vista de Nova York’, que Frida produziu em 1932 quando observava a vista da janela do Barbizon Plaza Hotel. Os visitantes também poderão ver os primeiros esboços de algumas das obras mais conhecidas da artista – muitos deles rabiscados no verso de telas já prontas e, por isso, desconhecidos do resto mundo durante muitos anos.

Graças à tecnologia Google Art Camera, as obras do acervo de Frida poderão ser vistas em altíssima resolução. Essa tecnologia permite observar cada detalhe com grau de precisão inédito. Exemplo disso é o Autorretrato dedicado a Leon Trotsky, que com Google Art Camera será possível ler o conteúdo da carta que Frida segura nas mãos no quadro.

  

Crie seu próprio tour virtual

Para conhecer melhor as obras mais importantes de Frida Kahlo, não será preciso viajar para a Cidade do México ou para qualquer outro destino, o Google Arts & Culture leva a arte até você. As novas tecnologias de geo-referência permitem que cada usuário organize a própria visita ao Museu Frida Kahlo, Museu Dolores Olmedo e Museu Casa Ateliê de Diego Rivera e Frida Kahlo. O tour pode ser feito a qualquer hora e com qualquer aparelho, usando o Google Street View. É possível passear pelas salas e quartos dessas instituições, que abrigam os trabalhos mais significativos e conhecidos da artista. Em cada sala, o visitante encontra comentários sobre as exposições e, se alguma obra específica chamar a atenção, basta clicar no nome correspondente para ver mais detalhes e informações. 

A vida de Frida narrada pela realidade virtual

Usando a realidade virtual, vamos lançar uma série de expedições para conhecer melhor o contexto em que Frida Kahlo viveu. Esse projeto vai dar acesso, em primeira mão, à informações sobre os lugares onde ela passou boa parte da vida – lugares que permitiram a Frida tornar-se uma das artistas mais respeitadas do século 20. Além disso, será possível viver uma experiência artística na expedição “As Pinturas de Frida Kahlo”, que mostra os seis trabalhos mais famosos de sua carreira.

Haverá, ainda, a colaboração “Frida e Eu”, com participação da artista Alexa Meade, a cantora Ely Guerra e a fotógrafa Cristina Kahlo (sobrinha-neta de Frida). Essa iniciativa mostra como Frida se transformou numa grande inspiração como mulher e representante da arte – na pintura, música e fotografia do século XXI tanto no México quanto no resto do mundo.

Este projeto será o primeiro de uma série de exposições lideradas pelo Google Arts & Culture. Usando a tecnologia, vamos criar um movimento para que pessoas de qualquer país se aproximem da vida e obra dos artistas mais importantes da história – e, assim, conheçam sua influência e se deixem inspirar por essas histórias. Convidamos você a conhecer o maravilhoso universo da arte e seus grandes personagens!

O Google Arts & Culture é gratuito para qualquer pessoa. Basta acessar g.co/facesoffrida ou baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.

Postado por Luisella Mazza, Líder de Operações Globais do Google Arts & Culture

Powered by WPeMatico